relacionamento, namoro

cadastro login

menu
compartilhe com seus amigos
compartilhe com seus amigos
compartilhe com seus amigos

ABRA A JANELA

Matéria postada por Éric Elie'l
Data da Matéria 49 comentário(s)


O cenário é Buenos Aires, um lugar onde janelas espraiam o horizonte como um enorme mosaico. Hora com molduras históricas hora com fachadas ultramodernas essas janelas retratam certa melancolia e, foi em um desses vãos que deixam adentrar a luz, onde meu olhar ganhou atenção.

Lá estava a moça, apoiada com dois braços sobre o peitoril, olhava atenta nós que passávamos inebriados de objetivos. Ela, a única pessoa olhando o movimento entre tantas mil outras janelas, sozinha naquele horizonte de edifícios sem cronologia.


É certo que depois dessa cena eu passei a observar com mais cuidado a nossa falta de olhar, nós cercados de tantos humanos, mas ainda convivendo com pouquíssimo humanismo, circundados por imensas janelas, mas sem aproveitar muito a vista e por não aproveitarmos a vista deixamos de abrir as cortinas. Usufruímos da luz que vem de fora, do arejamento de uma corrente de ar, mas é raro ver quem pare para apenas observar além da bolha do próprio apartamento ou escritório.

E quantas janelas nos recusamos a olhar, por desatenção ou por seletividade, pode ser que não aproveitemos às da nossa sala por não terem vista, mas e todos os outros vãos que podem arejar nossa alma ou enternecer nosso coração, não recebem muitos olhares, por quê?

Pode ser que tenhamos medo de aparentarmos solidão e melancolia, como a moça do edifício em Buenos Aires, que fazia o que os outros se recusavam. Pode ser que tenhamos muita pressa, muitas metas, muitos sonhos e bilhões de excessos que acabamos nos esquecendo de parar para olhar para o lado. Pode ser que tenhamos medo de arejar aquelas palavras que não dissemos, ou os beijos que não demos, pode ser que deixar as cortinas da nossa vista fechada nos proteja do outro, do diferente, ou até mesmo da aspereza da vida, uma vez que já nos arranhamos demais.

Mas quem sabe a beleza da simplicidade esteja justamente nessas pausas, nessa vontade de olhar a vida que passa correndo na rua, na constatação de todo esse movimento e do que não nos serve mais. Quem sabe o desenrolar aconteça mais bonito se eu aprender a abrir a cortina para olhar tudo o que é externo e que por mais que eu não goste do que o cenário me apresenta aquela é a minha circunstância e eu preciso arejá-la e cuidar dela.

Se na minha janela não houver a melhor vista que então eu aprenda a desfrutar da luz e do arejamento que proporciona, que eu ainda insista na vontade de ver o que acontece que eu tenha coragem de fazer e pagar para ver, que eu busque outras janelas, outros cômodos, outra vista.

A moça continuou espreitando o horizonte, olhando a movimentação famigerada da entrada do metrô, enquanto todo mundo corria, é para ela que observava com coragem o desespero daquele dia útil que a vida verdadeiramente acontecia e tudo porque simplesmente abriu as cortinas e olhou para fora enquanto todo mundo passava correndo, presos nas próprias bolhas olhando os outros com pressa demais.

Éric Elie'l , Catarinense, 26 anos, estudante de marketing e apaixonado por tudo que possa tornar a existência mais leve. Observador, gosta de todas as coisas que dizem respeito ao comportamento humano, se interessa por opostos e por dissecar experiências, para extrair não só o que é dito, mas também o que está subentendido. Gosta de avaliar as circunstâncias sob outro ponto de vista, e acredita que escrever é de certa forma materializar o campo de sensações que são as experiências de vida.

7 matérias escritas para o amores possíveis

comentários:


****** - 14/04/2018 06:21:56
Bela reflexão...

Paulo - 15/03/2018 22:47:33
Amei

Lucia - 07/02/2018 08:31:54
Lindo

juliene1545 - 04/02/2018 13:23:17
Nossa, magnífico! Estou tentando abrir as janelas da minha vida, seu texto é importantíssimo!! Bjs.

Lunnah - 14/01/2018 18:49:57
Tamanha sensibilidade em enxergar a transparência do outro.

Correarosane73 - 18/11/2017 00:16:57
Muito lindo

Drica2017 - 15/11/2017 13:34:37
Quem me dera deparar com essa paisagem sempre......

Sssol - 14/11/2017 12:39:04
Ameeeeei....

juremaepedro - 09/11/2017 18:45:36
Adorei o texto,show.

vaninha - 09/11/2017 17:22:52
Muito lindo o texto,Parabéns!!!

Lyee - 06/11/2017 17:49:53
Sem palavras...

Morgana - 05/11/2017 15:00:57
Lindo,simplesmente lindo!!!!

Thati - 04/11/2017 08:48:41
Simplesmente lindo!

pequenaflor - 03/11/2017 18:57:35
Adorei, muito lindo!

Lúcia - 02/11/2017 21:22:40
Ótimo mensagem maravilhosa...gostei muito

Barbosa - 01/11/2017 09:56:16
PROFUNDO...tocante faz se refletir oque realmente nós é importante!!!!

dannarj - 30/10/2017 08:39:36
Tudo muito lindo quando temos essa idade..

pelado - 27/10/2017 12:58:44
Muito bom, gostei!

Liros - 26/10/2017 15:06:18
ESCRITA COM MUITA.PROFUNDIDADE; ME FAZ PENSAR QUE O QUE REALMENTE FALTA SERIA O SER HUMANO APENAS ABRIR SUA JANELA INTERIOR PARA AÍ PODER VISUALIZA TODOS AS JANELAS ABERTAS.

Dina - 25/10/2017 21:36:09
Muito lindo! Amei.


 01  02  03   Próxima Página  Última Página

(Página 1 de 3)

Para enviar um comentário, é necessário cadastrar-se.



16 anos de sucesso

compartilhe
compartilhe com seus amigos
compartilhe com seus amigos
compartilhe com seus amigos


matérias sobre relacionamento
amputações (32)
sofrimento, como lidar com ele? (18)
precisamos falar sobre o fim (25)
abra a janela (49)
o intolerável da vida (15)
a vontade sob controle (29)
nascemos para dar certo! (70)
quanto dura uma paixão? (68)
perdoar é recordar com amor (45)
o que merece cada um (36)
ver +


mais...
por que me cadastrar?
contato
publicidade
termos de uso
mapa do site


© 2002-2018 amores possíveis.
Todos os direitos reservados - v2.3.0